Notícias

Notícias do mundo automóvel

proteger o carro do calor

Saiba como proteger o seu carro do sol abrasador de verão

Verão, a estação do ano cheia de sol e calor, boa para desfrutarmos do sol numa praia ou esplanada mas, não tão boa para o nosso veículo, que é constantemente posto à prova. Ajude o seu carro a enfrentar as temperatura abrasadoras que nada são favoráveis para a carroçaria, os plásticos e o motor do veículo. Preparar-se é fundamental e por isso, neste post encontrará 7 dicas que irão ajudar o seu carro na época balnear.

  1. Cuidar bem da pintura

A pintura pode ficar muito danificada caso o carro passe por uma situação de grande amplitude térmica. No verão, este cenário pode reduzir a vida útil da tinta do veículo, causando manchas e até mesmo rachaduras na pintura da carroçaria.

De maneira a evitar isto, deve sempre encerar a pintura do automóvel com uma cera adequada. A cera, para além de dar o brilho desejado ao carro, também o protege contra as elevadas temperaturas do verão.

 

  1. Cuide das borrachas do veículo

As borrachas de vedação são cruciais para garantir o conforto do condutor e dos passageiros dentro de um veículo. Mas, em locais com altas temperaturas, elas podem ficar ressequidas facilmente.

Para evitar que as borrachas se danifiquem, uma boa alternativa é o uso de películas de proteção. Aditivos também podem ser utilizados, evitando que as borrachas dos vidros e das palhetas acabem por rachar. Além disso, películas protetoras tornam a temperatura dentro do veículo mais agradável.

 

  1. Hidrate os bancos de couro

Para que os ocupantes de um carro possam desfrutar do conforto adicional proporcionado pelo tecido de origem animal, o motorista deve investir na manutenção constante do couro.

Além da limpeza regular, também deve hidratar o couro com um hidratante próprio ou com um produto à base de silicone. Esse procedimento evita que o tecido resseque, e além disso, cada banco fica protegido contra eventuais manchas causadas pelo sol.

 

  1. Invista em painéis refletores

Ninguém gosta de um veículo que se transforma numa autêntica estufa quando estacionado ao sol. Além do desconforto causado pelo calor excessivo ao entrar no carro, a exposição direta ao sol por longos períodos pode danificar itens do painel feitos de plástico e diminuir a durabilidade dos tecidos do revestimento interno.

Neste caso, os painéis refletores podem ser adotados para diminuir o impacto causado pelo sol excessivo. Em geral, eles são feitos de papelão e papel de alumínio. Desta maneira, grande parte dos raios solares que atingirem o para-brisa são refletidos, diminuindo o seu impacto dentro do veículo.

 

  1. Cuide dos pneus

Os pneus podem ser considerados uma das partes mais importantes de qualquer carro. E, no verão, eles vão precisar de mais atenção além da calibragem regular da pressão do ar interno.

Tenha em mente que, em contato com o asfalto quente, o pneu sofre um desgaste acelerado. Caso ele apresente indícios de necessidade de troca, não hesite em adquirir um pneu novo.

 

  1. Atenção ao sistema de refrigeração

No verão, o sistema de refrigeração do motor é colocado à prova. Como nessa época as temperaturas registadas são as mais elevadas do ano, o condutor deve estar atento à temperatura do motor, principalmente nos automóveis refrigerados a água.

Verifique regularmente o nível do líquido do radiador e utilize aditivos próprios de acordo com os indicados  no manual do veículo. Mantenha o compartimento do motor bem limpo, com poucos resíduos de óleo. Estas precauções reduzem as hipoteses do motor do veículo superaquecer.

 

  1. Cuidado com os plásticos do carro

Quando expostos ao sol e à radiação ultravioleta, os plásticos começam a degradar-se, a perder cor e começam a surgir rachaduras. Para evitar esta situação, deve limpar o interior do carro com regularidade com materiais não abrasivos.

Para além das janelas, também deve tapar o interior do seu carro por motivos de saúde. Os plásticos são um produto derivado de petróleo e podem emitir partículas de benzeno. O benzeno está associado ao aparecimento de leucemia, e embora a quantidade de partículas emitidas pelos plásticos, em condições normais, não constituem um perigo constante para os utilizadores do automóvel, o calor pode acelerar o processo de formação de benzeno. Assim, por precaução, recomenda-se abrir as janelas do carro para renovar o ar.

Back to top