Notícias

Notícias do mundo automóvel

novas matriculas

Novas matrículas

A introdução no início de março do novo modelo de matrículas, com quatro letras e dois números, virou moda. O Decreto-Lei que altera o regulamento do número e chapa de matrícula, o código da estrada e o regulamento da habilitação legal para conduzir, admite a possibilidade de proprietários dos veículos mais antigos substituirem as matrículas. De salientar, que as chapas de matrícula dos veículos em circulação mantêm-se em uso, sem obrigatoriedade de substituição. 

Com um design mais moderno, a nova série de matrículas levou a que muitos se apressassem a adquirir as novas placas, mas nem todas cumprem ao milímetro os requisitos legais.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) já emitiu um alerta sobre os problemas relacionados com o não cumprimento (ao milímetro) das medidas e espaçamento entre carateres, que podem valer chumbo na inspeção e multas entre os 120 e os 600 euros. 

As regras são estabelecidas pelo IMT (Instituto da Mobilidade e Transportes) e são rigorosas. Nas novas matrículas, a disposição dos grupos deve ser centrada vertical e horizontalmente e o espaçamento entre os carateres está definida ao milímetro: de 20mm entre grupos, sem traços separadores; de 10mm entre carateres do mesmo grupo. 

O novo modelo de chapas de matrícula, AA 00 AA, estima como tempo máximo de utilização cerca de 74 anos, introduzindo inclusivamente novas combinações de carateres que incluirá, pela primeira vez, as letras Y, K e W, num total de 28 milhões de combinações possíveis. Contudo, terá uma duração previsível de 45 anos, como é possível ler no documento oficial do IMT. Isto porque, palavras obscenas e combinações maldosas estão proibidas, ainda que permita combinações originais.

Confirme que, para a emissão da sua nova chapa de matrícula, encontra entidade devidamente certificada para o efeito. Escolha com confiança, viva com segurança.

Back to top